sexta-feira, 17 de abril de 2009

Novo comercial da Havaianas

Adoro os chinelos havaianas, são ótimos, superconfortáveis e fico feliz por um produto brasileiro de tão boa qualidade ser tão bem visto fora do nosso país.

Diferentemente do produto, os comerciais de televisão da Havaianas nem sempre são tão bons. O último lançado não faz apelo às belas curvas de Juliana Paes, mas retrata como a maioria dos brasileiros são despreocupados e acomodados. Desrespeitando sem a menor cara-de-pau o momento da crise econômica mundial, esse comercial afirma como nosso povo quer viver para futebol, rodas de samba fajuto e cerveja. Veja:



Num momento de crise como esses, não devemos virar as costas para ela, devemos fazer o nosso papel: consumir (de acordo com a condição financeira de cada um) para a nossa engrenagem continuar girando, de forma que todas as outras façam o mesmo e a economia supere essa crise. Vale deixar claro que também não existe necessidade de paranóia, assim como há com a personagem de óculos aí do tal comercial.

Mas não deixa de ser vergonhoso.

9 comentários:

Ferdi disse...

Vergonhoso. [2]

Caio D. disse...

Por isso que eu acredito nos cachorros de rua. Eu acredito que um dia deve haver algum acerto de contas entre eles e a humanidade.

Muitas pessoas são legais, mas num todo, a gente não presta.

Ferdi disse...

A gente não presta mesmo, eu concordo.
E se vai haver acerto de contas ou não eu não sei, acharia justo.
Enquanto isso sigo lendo e respirando.

E por falar em ler, Veríssimo é um dos meus primeiros autores, tipo um pai literário, gosto muito.

E sobre esse curso de roteiro..
Como, onde e quando?

Nameless Fake disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

tenho ciume dessa menina :@@@@

Caio D. disse...

Sobre o curso: estou procurando. Sabe onde tem?

Sobre o Verissimo: digo a mesma coisa.

Sobre os cachorros de rua: continuo na torcida, entre respiração e livros.

Sobre o comentário anônimo: OI?

Ferdi disse...

Sobre o comentário anônimo: OI? [2]

E, aaaah, Apanhador no campo de centeio. *---*
É um dos meus prediletos, eu me sinto um Holden de saia, papo sério.

Ah, pensei que você sabia de algum lugar, o que, relendo agora, foi bem burro da minha parte. (y)

Enfim.. :*

Caio D. disse...

Já achei onde tem o curso de roteiro. Hehehe. Gratuito, o curso. É na Escola Livre de Cinema de Santo André.

As inscrições são ano que vem.

Ferdi disse...

:D