sábado, 8 de outubro de 2011

Sobre novos projetos das minhas paixões platônicas

[ATUALIZAÇÃO - à 0h31, do dia 13/10/2011]

Ando muitíssimo ocupado, tendo meus dias abarrotados de correria, estudos e trabalho. Consequentemente, não pude passar cinco minutos na frente do computador para postar neste blog, que em contrapartida, sobrevive firme e forte.

Comecei a sentir chutes no estômago para escrever aqui novamente e o mais rápido possível quando o elenco do não-mais-chamado Lamb of God, primeiro filme de Diablo Cody na direção, começou a ter nomes confirmados no elenco. Logo na mesma semana, finalmente saiu o trailer de Young Adult (roteiro dela!), cuja estreia está prometida para 16 de dezembro nos EUA e 3 de fevereiro aqui no Brasil. Como se não fosse o suficiente, confirmaram que o novo projeto de Matthew Vaughn é nada mais nada menos que Superior, outra HQ de Mark Millar.

Então vamos por partes.


Parece que continuam investindo pesado em Diablo Cody, mesmo que United States of Tara tenha sido cancelado pela queda de audiência, e Jennifer's Body se tornado uma decepção na crítica, no público e principalmente nas bilheterias. E mesmo tendo na manga uma revisão de roteiro para o remake de The Evil Dead, o seriado The Breadwinner e as adaptações dos romances Sweet Valley High e Breathers: A Zombie's Lament, o trailer de Young Adult foi divulgado dizendo que quer Oscar. Ele é dirigido por Jason Reitman, que tem várias indicações ao prêmio e uma quase-vitória na categoria de melhor roteiro adaptado por Amor sem Escalas. Charlize Theron já ganhou por Monster e não faz muito tempo que Diablo Cody apareceu na tal cerimônia usando um vestido de estampa de oncinha e saiu de lá com o prêmio da categoria de melhor roteiro original debaixo do braço pelo memorável Juno.

Além disso, Octavia Spencer, que possivelmente abocanhará uma indicação de melhor atriz coadjuvante ano que vem por Histórias Cruzadas, foi confirmada no debut de Diablo na direção. O projeto que já se chamou Lamb of God atualmente não tem um título definido, mas os nomes de Octavia, Julianne Hough e Russell Brand estão confirmados no elenco. A comédia será sobre uma garota que perde sua fé depois de um acidente de avião e decide ir para Las Vegas ter uma vida de pecado. Diablo Cody disse que se trata de "uma boa história de Natal".

Minhas perspectivas: não é segredo que a palavra "Oscar" pode fazer um filme ou um artista irem longe, mas qualquer deslize por parte deles é motivo para vermos tomates podres sendo atirados das mãos de boa parte da crítica e do público. Diablo ganhou o prêmio por Juno e foi alfinetada pelo relativo fracasso que foi Jennifer's Body. Se qualquer um de seus vindouros projetos ter o mesmo destino do segundo, ela será crucificada novamente.

Acho que qualquer filme transcende um rótulo que um Oscar ou uma crítica pode dar. Sou fã (praticante) de Diablo Cody porque não há quem escreva como ela. A moça tem muita criatividade. Suas histórias são absolutamente imprevisíveis, com diálogos afiadíssimos, sempre tendo uma essência emocional e humana. Toda a trama vai se desenvolvendo a partir disso. Difícil de não ver conexões entre a realidade do cotidiano e a estupidez ou brandura de personagens como Juno e Mac MacGuff, Needy Lesnicki ou até mesmo Jennifer Check.

Minha confiança na roteirista-tatuada-e-ex-stripper vai firme e forte, com ou sem Oscar em qualquer momento de sua carreira. Que continue escrevendo e se aventurando.

Aí vai o trailer de Young Adult, com direito a Queen Bitch, de David Bowie, tocando ao fundo:





A outra parte é sobre o novo projeto de Matthew Vaughn.

É a adaptação de Superior, HQ de Mark Millar e Leinil Francis Yu. Não se sabe se Vaughn vai dirigir, roteirizar, produzir ou todas as alternativas anteriores.

(Foto: Icon Comics)

Há algum tempo, Jane Goldman, braço direito de Vaughn, desmentiu em seu Twitter que estava escrevendo um roteiro para Kick-Ass 2, mas disse que tinha na manga outro projeto para o "amável Matthew V". Algum tempo depois vieram os boatos: possivelmente, Jane se referia a Bloodshot (da Valiant Comics) na ocasião. Mas agora, com a confirmação do projeto aqui citado, fica difícil de dizer. Temos que esperar mais notícias sobre qualquer um deles.

Superior, a HQ de Millar e Yu, começou a ser publicada pela Icon Comics (apadrinhada da Marvel) em 2010. É sobre Simon, um garoto de treze anos que tem esclerose múltipla e é um grande fã de super-heróis. Um de seus prediletos é Superior, ícone esquecido de quadrinhos, filmes e merchandising. Quando um macaco alienígena desce à Terra a fim de realizar um desejo apenas para o protagonista, Simon é transformado no herói.

Numa entrevista a CBR, Millar disse sobre Superior: "O super-herói é uma referência aos grandes da era de ouro, um personagem romântico meio fora de época, em quem o mundo moderno não tem muito interesse. Ele está aí faz décadas, em quadrinhos, filmes, programas de TV e lancheiras, mas ninguém mais liga. Acabaram de tentar relançá-lo com um filmão, mas nem isso dá certo e ele é um personagem quase esquecido. É um ícone dos EUA, mas preso a uma ideia dos EUA que ficou para trás (...) Tem grandes cenas de ação, supervilões, aliens, robôs e tudo que você espera, mas, no fundo, é uma fábula moral."

Minhas perspectivas: tudo que Mark Millar escreve é fora do comum, cheio de espinhos e apaixonante, além da pegada cinematográfica. Possivelmente Jane estará envolvida no projeto, e possivelmente estará envolvida em Bloodshot caso este seja confirmado - os êxitos dela e de Vaughn trabalhando em conjunto já deixam claro que a melhor aposta é ter ambos atrás das câmeras quando se quer fazer um filme diferente, estiloso e estruturado. Será ótimo assistir a mais uma adaptação de uma história de Mark Millar feita por eles.

Já que pelo menos há a confirmação de um, que venham mais notícias!

Agora deixo o blog com todos esses bolos no forno porque tenho um sábado duro pela frente. Mas não vejo a hora de voltar aqui com mais novidades.

Nenhum comentário: