segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

2012 and life keeps going

Em 2012, eu pretendo ser mais desapegado. Pretendo rejeitar agressões de idiotas, assim como a Maggie Gyllenhaal em Away We Go. Pretendo colocar a mão na massa sem medo novamente, a fim de realizar todos meus objetivos. Pretendo olhar por onde ando e tropeçar menos no chão. Pretendo beber e me divertir mais. Pretendo estabelecer definições e expandir ainda mais minha paciência. Pretendo viajar.

Pretendo não ser estúpido o suficiente para misturar vodca com Toddynho – ou seja, não misturar o que não se deve misturar. Pretendo concretizar muito do que ainda está no estágio de preparação. Pretendo gastar mais dinheiro com futilidades indispensáveis, tipo filmes e livros. Pretendo escrever mais, pois o fiz bem pouco em 2011. Pretendo deixar cada um com sua ignorância orgulhosamente instalada e continuar apegado às minhas certezas e vontades.

Pretendo chegar a uma necessária conclusão – remendar o coração ou mantê-lo em pedaços só por via das dúvidas? Pretendo ir mais ao cinema, e de preferência com as ótimas companhias que são esses meus amigos incríveis. Pretendo comprar o tão desejado Converse All Star verde. Pretendo ler mais e expandir os estilos. Pretendo ler Hilda Hilst. Pretendo tentar com mais vontade colocar minha timidez de lado toda vez que meu amigo do entre-pernas tiver uma sugestão. Pretendo fazer uma tatuagem.

Pretendo conhecer mais pessoas, fazer mais amizades e manter laços já existentes. Pretendo ser mais Tom Hansen e menos Summer Finn. Pretendo comprar dois dicionários grandes e bonitos. Pretendo continuar com o que já pratico e me faz bem. Pretendo pelo menos em 2012, ser mais movido pelas certezas do que pelas dúvidas e pelas curiosidades. Pretendo rever mais filmes que gosto e pelos quais dedico aquela gostosa nostalgia. Pretendo deixar muita coisa ir e muita coisa vir.

Pretendo não parar de pretender. E caso não caiba tudo em um ano só, que caiba nos seguintes – pois pretendo desacelerar ainda mais o meu imediatismo. E pretendo continuar assim, tanto planejador quanto realizador.

Feliz ano novo para você também. Agora está tocando Pixies.

5 comentários:

omtouche disse...

Lindo blog. Espero que não seja um daqueles diários que você nunca espera e preferiria não ter uma visita, pois realmente achei que deveria comentar.

Resoluções sensatas para o ano, músicas legais por todo o blog, uma frase de ata-me alí... Muito bom.

stay Gold, desconhecido.

omtouche disse...

Lindo blog. Espero que não seja um daqueles diários que você nunca espera e preferiria não ter uma visita, pois realmente achei que deveria comentar.

Resoluções sensatas para o ano, músicas legais por todo o blog, uma frase de ata-me alí... Muito bom.

stay Gold, desconhecido.

Anônimo disse...

Olá, desconhecido!

Muito obrigado pelo elogio! Fico feliz com isso! Volte sempre, pois será muy bienevido.

Camila Antunes disse...

Achei você...
Adorei o texto... se você fizer ao menos metade daquilo que pretende a vida vai ficar bem interessante... um típico texto de quem está entrando na faculdade, alguém que quer beber, curtir, viver e colocar piercings e fazer tatoo...
Não sei se ainda lembra de mim, Camila... veterana de jornal
Bjos
Se quiser me visitar http://www.bonsventos-semprechegam.blogspot.com/

Anônimo disse...

Oi, Camila, claro que me lembro de você!

Obrigado pelo comentário e volte sempre. Espero trombar mais com você no ônibus, hehehe.

Vou fuçar seu blog agora.

Beijo!