quarta-feira, 18 de junho de 2014

Jake Gyllenhaal caça seu sósia em 'O Homem Duplicado'

Atuação de Gyllenhaal (foto) é um dos pontos altos do filme (Foto: Divulgação/Imagem Filmes)

Clima de obsessão à la Hitchcock e melancolia são os alicerces do ótimo O Homem Duplicado (Enemy, 2013), de Denis Villeneuve, que estreia nesta quinta-feira (19/6).

A produção canadense-espanhola é baseada no romance homônimo de José Saramago (1922-2010) e acompanha um jovem professor universitário que decide encontrar seu doppelgänger após descobri-lo. Ambos os papéis são de Jake Gyllenhaal, em excelente desempenho. As coadjuvantes Mélanie Laurent, Sarah Gadon e Isabella Rossellini também se destacam. O roteiro é de Javier Gullón.

Esquisito e envolvente, alguns dos vários acertos do filme são uma belíssima fotografia (que privilegia amarelo e tons pastéis), a trilha sonora de Daniel Bensi e Saunder Jurriaans (sozinha, ela pode causar arrepios) e a direção: Villeneuve consegue deixar o espectador com a mesma sensação de insegurança e ansiedade de seu protagonista. 


O Homem Duplicado foi exibido no Festival de Toronto do ano passado junto de Os Suspeitos (2013), outro thriller enxuto e impactante do diretor. Villeneuve já havia aberto para si um bom caminho com o drama Incêndios (2010), indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

Estreia quinta-feira (19/5). Classificação indicativa: 14 anos. Duração: 90 minutos. Distribuição: Imagem Filmes.

Nenhum comentário: